A história do Google.

O Google é uma ferramenta que milhares de pessoas usam constantemente, mas poucos conhecem a sua história. Por esse motivo e por ser atualmente uma grande companhia, resolvemos contar no blog de hoje como foi que essa gigante empresa de tecnologia surgiu.

Por acaso, você já tentou usar outro website de busca? Não sei se você percebeu, mas em alguns assuntos que pesquisamos no Google as respostas são mais rápidas, visuais e diretas ao que buscamos. Por esse motivo temos a sensação de que esse buscador nos entende melhor, por entregar com mais agilidade e qualidade o que queremos, e isso faz dele o queridinho de muitas pessoas.

A marca se tornou querida não apenas por melhorar a usabilidade, busca e navegação dos usuários, mas também por ser uma das empresas mais desejadas para se trabalhar, afinal ela oferece um clima agradável, inovador e com diversos benefícios aos seus colaboradores.

Não é segredo para ninguém que o Google é uma grande empresa, mas você sabe como ela chegou até o que conhecemos hoje? Vem com a gente.

 

Em 04 de setembro de 1998, dois estudantes do curso de doutorado da Universidade de Stanford, na Califórnia, Larry Page e Sergey Brin, fundaram a empresa Google.

 

Mas a história do Google começa anos antes, através de um projeto de doutorado em ciências da computação dessa dupla, que começaram a trabalhar junto em pesquisa, resultando em artigos acadêmicos, como este, sobre “A Anatomia da Ferramenta de Busca Hipertextual na Web em Larga Escala”, que é nada mais nada menos do que a ideia original do seu algoritmo de pesquisa. Os estudos em conjunto e apontamentos dos dois resultaram em um mecanismo de pesquisa chamado BackRub! – pois checava os backlinks dos sites – que viria a ser o protótipo do que conhecemos hoje como o buscador do Google.

 

backrub google

 

O projeto foi hospedado pela própria universidade de Stanford – excedendo a capacidade disponível, devido ao sucesso – e até o final de agosto de 1996, o serviço já tinha indexado mais de 75 milhões de páginas. O BackRub funcionou até 1998.

 

A aposta dos dois, conforme é exposto no seu artigo, era um novo sistema buscador. Enquanto os motores de busca convencionais da época exibiam os resultados classificando-os pela contagem de quantas vezes os termos de busca apareciam na primeira página, os dois criaram um sistema melhor, que analisava as relações entre os sites, mostrando os melhores resultados em um contexto maior. Eles chamaram esta nova tecnologia de PageRank, onde a relevância de um website era determinada pelo número de páginas, bem como pela importância dessas páginas, que ligavam de volta para o site original.

 

Com a ferramenta certa nas mãos, só faltava lapidar o produto, e para isso, eles decidiram que o serviço devia ter um nome mais amigável. Após algumas sugestões, o nome Google foi escolhido. O nome é uma brincadeira com a palavra “googol”, um termo matemático usado para representar o número 1 seguido de 100 dígitos 0. Com este novo nome eles passavam o tamanho da sua ambição de organizar a quantidade infinita de informações disponíveis na web e também o número de informações que o motor de busca podia processar.

No início o Google também fora hospedado no domínio da universidade, www.google.stanford.edu. Endividados, gastando consideravelmente com a pesquisa, os dois fundadores precisavam de dinheiro para dar seguimento ao serviço, e para isso contaram com um cheque de 100 mil dólares de Andy Bechtolsheim, cofundador da Sun, fabricante de computadores, semicondutores e software. O dito cheque estava endereçado para Google Inc, uma empresa que ainda nem existia.

Para receber o montante eles precisaram retirar os servidores do Google dos seus dormitórios na universidade e levar para um “escritório” propriamente dito, criar uma empresa e assim depositar o valor recebido. O local escolhido para a sede foi a garagem de Susan Wojcicki, amiga dos fundadores, localizada no famoso – hoje – endereço 232 da Santa Margarita em Menlo Park. O domínio Google.com foi registrado em 15 de setembro de 1997, sendo lançado quase 1 ano depois em 4 de setembro de 1998. Nesse mesmo ano o Google contrata seu primeiro funcionário: Craig Silverstein, um brilhante aluno de Ciências da Computação de Stanford (ele se tornaria mais tarde diretor de tecnologia da empresa).

Surgimento do google

A primeira patente com o nome da empresa viria no ano seguinte, em 31 de agosto de 1999, e pode ser traduzido como “Sistema de marcas d’água e metodologia de conteúdo digital multimídia”. A patente fora assinada por outros 6 funcionários do Google, e não pelos 2 criadores. Brin e Page estavam desenvolvendo uma ideia que resultaria em um artigo – nessa época eles ainda estavam no doutorado -, que tratava sobre os malefícios de propagandas pop-ups, como elas eram chatas e atrapalhavam a web. Resumidamente eles começavam a discussão sobre um sistema que os tornaria bilionários em breve, e que até então pouquíssimo explorado na rede, os anúncios online direcionados e discretos, camuflados como um link ou uma pequena oferta.

Ainda no final de 1998 o Google já teria um número de mais de 60 milhões de páginas indexadas, tinha mais de 1 TB de dados e recebia mais de 10 mil buscas por dia. A página, ainda exibindo a versão Beta, começou a chamar a atenção por apresentar resultados mais concisos que seus concorrentes e mais tecnológica e inovadora que os pesados portais de conteúdo, como AOL, Yahoo!, Netscape, MSN, Altavista etc. que naquela época de bolha de internet, eram considerados como o futuro do mercado digital, principalmente pelos acionistas.

Os negócios começaram a crescer em grande escala. Em 1999, teve seu primeiro anúncio oficial, o Google estreou seu sistema bilionário de receita: Vender anúncios associados a keywords, palavras chave. No ano 2000 a marca começou a se tornar um nome global quando disponibilizou seus serviços em outras 13 linguagens de busca.

A Linha do tempo da história dessa empresa continua com diversos serviços, softwares e produtos sendo desenvolvidos, e o Google tendo cada vez mais espaço no mercado e na vida das pessoas globalmente.

 

Hoje com apenas 22 anos de existência a empresa superou todas as expectativas e está entre umas das gigantes. Ela se desenvolveu tanto que não oferece apenas serviços web, ela já desenvolve produtos como celulares, notebooks entre outros serviços digitais.

Isso nos mostra como projetos universitários, que no início podem parecer pequenos, podem se tornar grandiosos!

 

E você, usa o Google como website de busca ou prefere outro? Conta pra gente nos comentários.

 

 

Fonte: Oficinadanet

Categories

L

Tags

January 5, 2021

You May Also Like…

O que é um website profissional?

O que é um website profissional?

Ouvimos muito esse termo “website profissional” e também o usamos diversas vezes quando conversamos com nossos...

A história da Web.

A história da Web.

Você provavelmente sabe um pouco da história e surgimento da internet, certo? Mas caso não vamos contar aqui...

0 Comments

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Pin It on Pinterest